Carvalho-roble/Carvalho-séssil

em Guia de Espécies
Nome latino : Quercus Robur/Quercus Petrae Família : Fagaceae Género : Quercus

Reconhecer o carvalho

O carvalho é reconhecível

  • Pelos troncos lisos
  • Pelas glandes
  • Pelas folhas onduladas

 

Diferenças entre o carvalho-roble ou carvalho-alvarinho e o carvalho-séssil ou carvalho-alvar

 

O Carvalho-roble O Carvalho-séssil
Folhas onduladas com pecíolo curto, folhagem agrupada. Folhas lisas com pecíolo longo, folhagem espaçada.
Tronco cónico Tronco cilíndrico
Casca lisa, cinzenta, espessa e com sulcos longitudinais profundos. Casca lisa, esverdeada, tornando-se cinzenta com a idade, com sulcos longitudinais pouco profundos.
Glandes suspensas por um pedúnculo. Glandes aglomeradas sem pedúnculo.

Estações favoráveis

  Carvalho-roble Carvalho-séssil
Temperatura Média anual entre 8 º e 13 °C.
Não tolera secas estivais prolongadas.
O carvalho-roble é ávido de luz (espécie heliófila).
Esta espécie exige bastante água e desenvolve-se melhor em zonas frescas.
Média anual entre 8 º e 13 °C.
Mais tolerante a secas do que o carvalho-roble.
Não requer luminosidade intensa (espécie de sombra parcial).
Pluviosidade Média anual entre 600 e 1400 mm.
Necessita de uma reserva útil do solo superior a 120 mm.
O carvalho-roble encontra-se em altitudes mais baixas e prefere áreas planas a declives.
Média anual entre 600 e 1400 mm.
O carvalho-séssil suporta altitudes mais elevadas do que o carvalho-roble. Suporta bem a seca, mas, em contrapartida, tolera mal o excesso de água.
Solo O carvalho-roble gosta de solos profundos, ricos em água e com boa drenagem. Prospera em solos básicos a muito ácidos. Gosta ainda de solos argilo-margosos. O carvalho-séssil contenta-se com solos mais pobres, desenvolve-se melhor em solos espessos e filtrantes, como os solos arenosos ou limosos.
O carvalho-séssil é menos exigente do que o carvalho-roble.

Sistema radicular do carvalho

  • Sistema radicular pivotante e profundo.

Crescimento e produção do carvalho

  • Em ambas as espécies, uma árvore com 60 anos produz duas vezes menos do que uma árvore com 15 anos.
  • Carvalho-roble: 2 a 8 m3/ha/ano.
  • Carvalho-séssil 2 a 8 m3/ha/ano.

Plantação do carvalho

Espécie Densidade Espaçamento Vantagens e inconvenientes
Carvalho-roble 1300 a 1500 plântulas/ha 2,5×3,5 m ou 3,5x2 m Ciclo de produção curto (tempo de produção inferior a 120 anos). Necessárias intervenções frequentes.
Carvalho-séssil 1600 a 2000 plântulas/ha 2×3,5 m ou 3,5x2 m Ciclo de produção curto (tempo de produção inferior a 120 anos). Necessárias intervenções frequentes.

Densidade final: 80 a 100 árvores/ha

Talhadia composta:
A talhadia composta é uma mistura de, pelo menos, dois grupos etários, com um nível inferior de talhadia e um nível superior de alto fuste. A talhadia é obtida por multiplicação vegetativa por rebentos do cepo e estacas.
O interesse deste tipo de regime é ter uma floresta sustentável. Com efeito, tendo em conta as diferentes faixas etárias, vão sendo abatidas árvores à medida que a floresta aumenta, pelo que a renovação é mais sustentável.

Madeira de carvalho

  • Cerne castanho claro e alburno bem diferenciado
  • Serragem fácil, secagem lenta e com risco de deformação
  • Madeira do cerne muito duradoura.
  • Madeira excelente para a construção, carpintaria e marcenaria.
  • Igualmente utilizada para pavimentos em madeira, tanoaria e molduras.
  • Designação comercial: carvalho.

SANIDADE

O carvalho não é afetado por doenças importantes, embora seja prudente vigiar a ocorrência de oídio.
 

Parecer económico

O carvalho gera uma economia que pode ser qualificada como luxuosa no setor florestal-madeireiro francês.
Com efeito, a madeira de carvalho é de excelente qualidade para diferentes utilizações, pelo que é muito procurada.

É uma madeira privilegiada para o fabrico de aduelas (tanoaria) e para folheados de luxo; apenas 10% da madeira de carvalho possuem as qualidades necessárias para estes produtos.
Não obstante, os restantes 90% são igualmente de boa qualidade, sendo utilizados em marcenaria ou em pavimentos de madeira.
Acresce que o carvalho é a única espécie que produz cortiça na sua casca, o que contribui para dinamizar a sua economia.
A cortiça é amplamente utilizada e tem grande procura.

É uma variedade muito apreciada pelos silvicultores e pelos amadores de florestas pela sua beleza, pela sua longevidade e pelas suas qualidades, mas também pela sua história, que se pode ler na floresta de Tronçais, com o carvalhal de Colbert.
O carvalho-roble encontra-se em todo o território francês, enquanto o carvalho-séssil ocorre com menor frequência, uma vez que é mais exigente ao nível dos fatores edáficos e climáticos.

Votre navigateur n'est pas à jour, votre experience sur le site ne sera pas opimale.

Nous avons besoin de votre consentement

Afin d'analyser le trafic de notre site Web, activer les fonctionnalités liées aux réseaux sociaux, et vous proposer un contenu personnalisé, nous avons besoin que vous acceptiez que les cookies soient placés par votre navigateur. Cela impliquera le traitement de vos informations personnelles, y compris votre adresse IP et votre comportement de navigation. Pour plus d'informations, veuillez consulter notre Politique de cookies. Pour modifier vos préférences ou rejeter tous les cookies fonctionnels sauf ceux nécessaires, veuillez cliquer sur «Configurer les préférences».

Voulez-vous accepter ces cookies?

Piwik