Sylvassur, um seguro feito a pensar nos proprietários privados de florestas em França.

5 de abril de 2018

O Sylvassur é um produto de seguros da floresta criado em 2013, graças ao incentivo da Federação dos Silvicultores Privados de França, igualmente designada FRANSYLVA. A FRANSYLVA é uma federação que reúne todas as organizações de proprietários florestais privados de França desde 1945.

A sua missão consiste, por um lado, em representar os proprietários florestais junto dos poderes públicos e, por outro, em informar e aconselhar da melhor forma os seus aderentes sobre a legislação, a fiscalidade e a gestão florestal. Nesta ótica, a FRANSYLVA esteve na génese de um seguro específico destinado aos proprietários florestais e que visa sensibilizá-los para a perda de valor da madeira em caso de danos na floresta.

Foco na Sylvassur, com Nicolas du Boullay...

Em França, apenas 5 % das florestas privadas estão seguradas.

Partindo desta constatação, a Federação dos Silvicultores Privados de França sentiu necessidade de chamar a atenção para os danos na floresta e para a subsequente perda de valor da madeira. Com efeito, tal gera prejuízos consideráveis para os propriedades.

Foi neste contexto que o SYLVASSUR foi criado em 2013. Da responsabilidade de uma filial da Federação - «Silvicultores Privados de França Serviços» (FPFS) -, o produto é gerido em copropriedade entre o mediador de seguros Verspieren (o maior mediador de seguros francês de património familiar) e a Lloyd’s, seguradora inglesa com provas dadas, que correspondeu ao caderno de encargos então elaborado por uma comissão de proprietários florestais.

Trata-se de um produto de seguros que pode ser subscrito de diversas formas: Incêndio/Tempestade ou incêndio unicamente. Consoante o tipo de espécies, a qualidade das madeiras e os respetivos recursos, os proprietários podem requerer uma cobertura «à carta»: Desta forma, podem segurar a sua floresta por um valor compreendido entre 500 €/ha e 25 000 €/ha.

Todas as especificidades podem ser consideradas.

O SYLVASSUR oferece, assim, a vantagem de se adaptar à procura e às características da floresta. Tal significa, por exemplo, que o seguro da floresta pode cobrir apenas uma parcela ou as espécies mais sensíveis ou valiosas do perímetro segurado. «Todas as especificidades podem ser consideradas», sublinha Nicolas du Boullay, encarregado da comercialização do SYLVASSUR. «Além disso, para responder da melhor forma às necessidades dos proprietários, recorremos a uma rede de gestores florestais que cobrem todo o território nacional e que conhecem perfeitamente as florestas dos seus clientes.»

Presente em todo o território nacional

O SYLVASSUR é um produto de seguros de âmbito florestal que se encontra bem distribuído pelo território, embora certas zonas florestais estejam mais atentas e mais sensibilizadas para a subscrição de um seguro.

A FRANSYLVA faz um balanço positivo da evolução do SYLVASSUR desde a sua criação: «conseguimos tranquilizar muitos proprietários, ao oferecer garantias específicas para as suas florestas. Acresce que a legislação adotada e que incentiva à subscrição de seguros florestais mediante benefícios fiscais tem um impacto positivo, apesar de esperarmos que os limites máximos sejam revistos em alta. Estamos a falar do dispositivo: A DEFI Assurances permite uma redução do imposto sobre o rendimento de 4,56 € por hectare segurados contra os riscos de tempestade.»

Conseguimos tranquilizar muitos proprietários, ao oferecer garantias específicas para as suas florestas.

Numa fase de mudança ao nível do governo, as reflexões e as propostas destinadas a melhorar a legislação florestal estão bastante bem encaminhadas. Em 1 de janeiro de 2017, foram suprimidas as ajudas públicas em caso de danos das florestas. É urgente aplicar novas medidas em matéria de seguros da floresta ou, pelo menos, aceitar a continuidade de muitas delas, nomeadamente no que respeita à fiscalidade.

Os proprietários florestais privados, através das suas organizações e da sua federação permanecem atentos.

A opinião da Forêt Investissement

A Forêt Investissement, especializada em transações florestais, aconselha vivamente os proprietários a segurarem as suas florestas, subscrevendo, no mínimo, um seguro de responsabilidade civil e, no caso de florestas de produção, igualmente um seguro contra os riscos de tempestade e incêndio. O custo deste seguro é de cerca de 4 € por 1000 € segurados. 

Atenção: em caso de acidente de um terceiro na sua floresta ou à beira da estrada, é responsável pela queda de árvores e/ou pelos danos daí decorrentes; o seguro de responsabilidade civil garante-lhe a cobertura mínima indispensável!

 

Votre navigateur n'est pas à jour, votre experience sur le site ne sera pas opimale.