Aveleira

em Guia de Espécies
Nome latino : Corylus Avellana Família : Betulaceae Género : Corylus

Reconhecer a aveleira

A aveleira é reconhecível

  • Pelo tronco de 2 a 4 metros de altura.
  • Pela casca lisa castanha-acinzentada.
  • Pelas folhas dentadas, aveludadas e alternas.
  • Pelos amentilhos suspensos.

 

Estações favoráveis à aveleira

Temperaturas

Espécie de sombra parcial ou mesmo de sombra. É resistente a temperaturas entre os -28 ºC e os 20 ºC, em média.
A aveleira é uma espécie relativamente plástica.

Pluviosidade

Média anual entre 600 e 1000 mm.

Solos

A aveleira gosta de solos com um pH básico a ligeiramente ácido. Tolera o calcário e aprecia os solos frescos. Necessita de solos bem irrigados. Critério: Adapta-se à maior parte dos solos.

Sistema radicular da aveleira

  • Superficial.

Plantação da aveleira

Densidade Espaçamento Vantagens e inconvenientes
800 plântulas/ha 2,5x5 m A aveleira é uma espécie colonizadora, pelo que pode estar presente em diferentes tipos de solos e em diferentes tipos de silvicultura. Devido à sua necessidade de água, tolera mal a concorrência herbácea.

NB: A aveleira é utilizada pela sua madeira, mas igualmente, em larga medida, pelo seu fruto: a avelã.
Plantado sob diversas formas, quando é utilizado para a produção de frutos de casca rija é produzido em alto fuste. Dado o seu caráter colonizador, pode igualmente ser encontrado em talhadia composta.

Crescimento e produção da aveleira

  • Crescimento rápido.
  • Produção de 5 a 6 kg de avelãs por árvore e por ano.

Madeira de aveleira

  • Cerne rosa-acastanhado e alburno indistinto.
  • Serragem fácil, secagem rápida.
  • Impregnação fácil
  • Madeira do cerne macia.
  • Madeira de excelente qualidade para vedações e marquetaria.
  • Utilizada igualmente para trituração e para lenha.
  • Designação comercial: Aveleira

Sanidade

 

Votre navigateur n'est pas à jour, votre experience sur le site ne sera pas opimale.