A Caça Maior

5 de abril de 2018

É possível encontrar propriedades para caça maior à venda um pouco por toda a França. A caça às espécies de caça maior é a técnica de caça mais vulgarizada no território.

As espécies de caça maior incluem o veado, gamo, javali, íbex, cabrito-montês, muflão, veado-japonês, camurça e camurça-dos-Pirinéus, mas também a raposa e o lobo, estando a sua caça rigorosamente regulamentada. O lince é uma espécie protegida da caça.

A caça ao javali é praticada em todo o território.

Na Lorena, no Alto Reno, no Alto Marne e na Sologne, as populações de javalis aumentam de ano para ano. Não obstante, foi a Garrigue Mediterrânica que registou o maior aumento observado nos últimos dez anos. As propriedades para a prática da caça maior permitem a prática da batida, que é a técnica de caça mais utilizada para as espécies de caça maior.

Os batedores e os cães levantam a caça em direção a uma linha de atiradores. Esta prática exige cães corredores (Sabujo Bruno do Jura, Grande Grifo da Vendeia) ou cães de patas pequenas (Fox, Dachshund). É igualmente possível encontrar propriedades para a prática de caça maior à venda na Córsega, que conta com quase 17 000 caçadores, todos amadores de batidas.

Uma das variantes da batida é o avanço silencioso, que é igualmente praticado nas propriedades de caça às espécies de caça maior. Os batedores avançam sem ruído e sem cães. Os animais são encaminhados para as espingardas sem estarem a fugir.

 Caça com cães em corrida

As propriedades consagradas à caça maior permitem praticar esta técnica de caça: Lançam-se cães em perseguição da caça - raposas, veados e javalis -, colocando-se os caçadores, prontos a disparar, ma proximidade dos locais por onde passa a caça. Esta modalidade de caça reúne elementos da montaria e da batida.

A venda de propriedades destinadas à caça de espécies de caça maior interessa, sobretudo, aos especialistas de uma determinada prática.

O cão corredor: O Beagle

A caça de espera é parte integrante da caça à espécies de caça maior. Os caçadores dissimulam-se em áreas frequentadas pelos animais (cervídeos, cabritos-monteses, javalis, raposas). A caça é praticada ao nascer do dia e ao crepúsculo, frequentemente a partir de um ponto elevado (mirante).

Caça de aproximação

Igualmente conhecida em França por «Pirshe». Esta modalidade de caça é praticada em propriedades de caça a espécies de caça maior situadas no sul da França. Caça maior: corço, veado, camurça, camurça-dos-Pirinéus, muflão - encontram-se nas zonas de montanha. O caçador aproxima-se da presa a pé. Explora o território sozinho e em silêncio. A venda de propriedades para caça a espécies de caça maior permite adquirir bens num ambiente excecional, com paisagens magníficas!

A caça contribui para a conservação dos ecossistemas florestais.

Regula as populações das espécies de caça maior, em constante evolução: veado, cabrito-montês, javali. Neste contexto, a venda de propriedades destinadas à caça maior é incentivada, nomeadamente pela Forêt Investissement, que seleciona e avalia as propriedades de caça pelo preço justo, garantindo a segurança da transação.

    

Parecer económico

Podemos acompanhá-lo na procura ou na venda de propriedades para caça de espécies de caça maior.

No território nacional francês existe um grande número de propriedades para caça de espécies de caça maior, para a qual aconselhamos um mínimo de 150 ha.

A caça de espera requer uma área mais vasta, no mínimo de 600 ha, normalmente na montanha. Os preços oscilam entre 6000 € e 10 000 € por hectare, para propriedades para caça de espécies de caça maior, e entre 3000 € e 6000 € por hectare para propriedades destinadas à prática da caça de espera em montanha.

Votre navigateur n'est pas à jour, votre experience sur le site ne sera pas opimale.